25.3.07

EBUROBRITTIUM
Cidade romana de Óbidos

No século I, o autor romano Plínio-o-Velho, referiu a existência de uma cidade romana denominada Eburobrittium, localizada entre Collipo (Leiria) e Olisipo (Lisboa). Como a sua localização exacta não referida, foi-se apontando, ao longo do tempo, diversas localizações possíveis. Entretanto, obras no IP6 e no IC1 em 1994, puseram a descoberto vestígios arqueológicos da época romana, que pela sua dimensão, revelaram ser de uma cidade romana e não de uma simples villa (casa rural romana, centro de uma exploração agrícola).
Esta cidade foi ocupada entre os finais do século I a.C. e o século V d.C., beneficiando da proximidade das águas da lagoa de Óbidos, que na época chegavam perto do local. Entretanto, esta cidade (espaço aberto sem capacidade defensiva) terá sido abandonada aquando da queda do império romano durante as invasões bárbaras. As preocupações de ordem defensiva e o recuo das águas da lagoa levaram as populações a instalarem-se no sítio da actual vila de Óbidos.
Parte das termas e do fórum encontram-se debaixo da A8, pelo que estão previstas obras de desvio da auto-estrada que permitam a continuação das escavações.